Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em nome do Pai

Paternidade na ótica do utilizador.

Em nome do Pai

Paternidade na ótica do utilizador.

Post a quatro mãos: Nunca foi tão difícil ser pai como em Portugal no ano da graça de 2018

rui.jpg

 Enquanto estudava na universidade trabalhei num café para ajudar a pagar as contas. Nada de novo para mim, uma vez que a restauração sempre foi o negócio da minha família na nossa terra de origem. Mas tirar cafés em Portugal Continental tem toda uma mestria que eu jamais sonhara enquanto o fazia, em adolescente, para ajudar o meu pai, num pequeno café numa pequena ilha dos Açores. 

Café pingado, italiana, em chávena escaldada, sem principio, em chávena fria, com cheirinho, cheio, curto, sem fim, duplo, abatanado, café americano, carioca, escorrido, descafeinado, garoto, pingo, pingado, chino. Uma trabalheira! Nos Açores da minha adolescência um café era um café, sem mariquices nem grandes intelectualizações. 

Até ser pai acreditava que não havia nada mais complexo do que servir café a Continentais. Depois nasceu a Ana.

 

 

 (Post a quatro mãos com a fantástica colaboração de senhora minha esposa)